O serviço GeoPredial® permite realizar a delimitação precisa de propriedades em solo português com segurança, rapidez e economia.

Ver vídeo explicativo  

Como funciona ?

Preenchimento dos dados pessoais e localização do prédio

Para que um processo GeoPredial possa ser iniciado, o requerente do serviço deverá registar um conjunto restrito de dados pessoais, assim como algumas características do prédio que pretende georreferenciar, tais como a sua localização.

Atribuição do processo a um solicitador habilitado

Assim que os dados referidos no ponto anterior forem submetidos, é criado automaticamente um novo processo GeoPredial, sendo que o mesmo apenas pode ser assumido por um solicitador que tenha as habilitações próprias para o efeito.

Realização do levantamento de campo

Afim de se obterem todos os dados que são necessários para a emissão do certificado GeoPredial para um determinado prédio, deverá ser realizado um trabalho de campo para recolha desses elementos através de equipamentos devidamente certificados.

Publicação do prédio!

A partir do momento em que o requerente aprova os resultados que foram entregues pelo solicitador, o prédio ficará disponível para consulta no interface público do projecto.

Livre de compromisso. Sem requisição de dados financeiros.

Top 3 Perguntas & Respostas

Só o próprio utilizador pode visualizar toda a informação inerente ao seu processo. O público em geral visualiza apenas os limites, o tipo de prédio e a área, sem qualquer outro tipo de informação adicional.

Na fase de piloto (entre Junho e Julho de 2012) está disponível na freguesia de Argivai, concelho de Póvoa de Varzim. Depois de concluído o piloto o projecto será gradualmente disponibilizado em vários concelhos, em primeiro lugar naqueles em que não vigore o cadastro.

Sim, quer por parte do proprietário, quer por parte do solicitador, nomeadamente, em situações de litígios de estremas ou na indefinição das mesmas.

Dúvidas?